Idosos sozinhos. “É o segundo Natal que passo assim”

Autarquia de Ílhavo sinalizou mais de 30 e foi entregar-lhes um pequeno cabaz com bacalhau, frutos secos, bolo-rei, chocolates e alguma música à mistura.

ilhavo,natal,saude,sociedade,solidariedade,doencas,
Fotogaleria
ilhavo,natal,saude,sociedade,solidariedade,doencas,
Fotogaleria
ilhavo,natal,saude,sociedade,solidariedade,doencas,
Fotogaleria

Em situações normais, sem pandemia, Maria Alice de Jesus até rumaria a Montemor-o-Velho, onde ainda tem alguma família, para celebrar a quadra festiva. “Agora, com esta situação, tenho medo”, confessou, horas antes de começar a preparar “o bacalhau, com batatas e couves”.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários