Quase 400 militares passam o Natal fora de casa em missões no estrangeiro

Além da missão em terreno e contexto difícil na República Centro-Africana, a segurança marítima do Golfo da Guiné envolve efectivos das Forças Nacionais Destacadas.

Foto
Foto de família na República Centro-Africana LUSA/CLARA AZEVEDO

Quase 400 militares portugueses passam o Natal fora de casa em missões no estrangeiro, as denominadas Forças Nacionais Destacadas (FND). Nesta segunda-feira, o primeiro-ministro, António Costa, o ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, e o Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, almirante António Silva Ribeiro, visitaram uma das 15 missões militares activas. A que concentra o maior número de elementos, na República Centro-Africana (RCA), sob o chapéu das Nações Unidas, a MINUSCA [Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana).

Sugerir correcção
Ler 2 comentários