O corpo e o espírito a fugirem à pandemia

Talvez a pandemia explique que tanta da música que importa guardar de 2021 estimule a respiração e abra santuários de felicidade individual, fugas à claustrofobia quotidiana.

Foto
O terceiro álbum dos Turnstile é um espantoso disco rock

Não costuma ser com arpejos de sintetizador esvoaçantes que começa um disco de punk hardcore, mas talvez Glow On não seja um disco de punk hardcore. Alguém se importa? O terceiro álbum dos Turnstile é, certamente, um espantoso disco rock, uma exclamação dos poderes curativos de guitarras com distorção, uma colecção de canções alimentadas pela fúria benigna do hardcore mais positivo, o músculo de uns certos anos 90 e aventuras variadas. Não espanta que os Turnstile tenham saído em definitivo do reduto do hardcore e sejam um dos vencedores de 2021, um ano em que a sede de voltar a experienciar música ao vivo amplificou a força de temas como Holiday ou Mystery.

Sugerir correcção
Comentar