Menos emissões e melhor qualidade do ar: em 2020 a covid-19 ditou resultados ambientais de Portugal

Forte redução na mobilidade e no consumo contribuíram para a redução de emissões de gases com efeito de estufa em Portugal

Foto
A enorme redução da mobilidade durante a pandemia foi um dos factores que influenciaram os dados ambientais de 2020 Rui Gaudêncio

Já não havia grandes dúvidas, mas o Relatório do Estado do Ambiente 2020/2021 torna-se agora em mais um instrumento para confirmar como a pandemia da covid-19 influenciou muitos dos principais indicadores ambientais do país, fazendo com que o ano passado apresentasse uma diminuição das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) ou, por exemplo, melhor qualidade do ar, com o feito inédito de, em 2020, não terem ocorrido “excedências ao valor limite anual da concentração de NO2”, o dióxido de azoto, proveniente em grade parte do tráfego rodoviário. O relatório é realizado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e foi agora lançado.

Sugerir correcção
Comentar