Cinco maneiras de enfrentar a ansiedade e o stress das festas

Pessoas sem um sistema de apoio da família ou dos amigos podem sentir-se especialmente abandonadas durante o período em que reina a ideia de união.

Foto
"O espanto pode melhorar significativamente o nosso bem-estar, além de nos fazer sentir mais ligados aos outros" Reuters/EVGENIA NOVOZHENINA

Como psicóloga preparo-me para as consequências emocionais resultantes das festas de fim de ano. Mas este ano pode ser particularmente difícil, já que entramos no nosso segundo Inverno pandémico, cansados de toda esta situação de excepção. Durante aquela que é pintada como a época mais feliz do ano, são muitos os que lutam contra o stress e a ansiedade relacionados com os encontros familiares, os preparativos, as viagens e a compra de presentes de Natal. As ondas de tristeza podem ser avassaladoras e roubar todo o prazer, energia e motivação para nos relacionarmos com o mundo. Os meus pacientes também descrevem dores de cabeça frequentes, problemas de sono e comerem e beberem mais do que gostariam.

Sugerir correcção
Comentar