Sem contacto

Ponha-se no meu lugar. De momento, sentado. Há instantes, contudo, em movimento, as pernas — as minhas — calcorreavam caminhos debruados a oliveiras nuas, despidas dos frutos e limpas das madeiras alquebradas. Por fim! Por fim! E é quando confirmo nos jornais aquilo de que a experiência (limitada) apenas suspeitava. Numa frase: deitamos azeitonas pelas orelhas.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários