O “desestímulo” científico: que futuro para a ciência em Portugal?

Estamos em tempo de pré-campanha eleitoral. Será que este não seria um bom momento para trazer para a ribalta a discussão sobre o que queremos para a ciência nacional?

Porque estamos em tempo de eleições, começo por fazer uma declaração de (des)interesses. Escrevo aqui como cientista e nesse papel não tenho qualquer preferência política ou partidária. Considero aliás que a ciência não deve ser politizada, nem que tal nos possa trazer algum benefício.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários