O que separa os quatro candidatos à liderança do grupo Montepio

Quatro listas esgrimem argumentos para assumir a liderança do maior grupo de economia social do país. As eleições decorrem durante esta semana.

Foto

Os mais de 600 mil associados do Montepio, o maior e o mais antigo grupo da economia social do país, estão a ser chamados a eleger os novos órgãos sociais da Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG), para os próximos três anos, 2022-2025. Um mandato crítico para o futuro da instituição, que em 2020 registou um prejuízo consolidado de 86 milhões de euros, após ter tido um lucro de nove milhões em 2019.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários