Duas amantes diáfanas e um homem a descobrir-se

Aproveitando uma coincidência temática LGBTQI, Daniel Gorjão e João Villas-Boas apresentam dois espectáculos num mini-ciclo intitulado Um Coração Normal. Gorjão retrata o amor entre Virginia Woolf e Vita Sackville-West, Villas-Boas encena o seu ritual de passagem. No São Luiz, de 14 a 20 de Dezembro.

Foto
Teresa Tavares (Vita) e Maria João Vicente (Virginia) em palco cortesia outros ângulos

Há cerca de dez anos, uma amiga de Daniel Gorjão, que tinha assistido a Vita & Virginia em Londres, ofereceu-lhe o texto da peça, com a sugestão de que o encenador considerasse também levá-lo a palco. Gorjão achou que “era um objecto interessante”, mas não sentiu um impulso imediato para o trabalhar e colocou-o naquela gaveta destinada às ideias que esperam pelo momento certo. Até que, ao preparar um outro espectáculo com uma temática LGBTQI, lembrou-se deste romance entre as escritoras Virgina Woolf e Vita Sackville-West, espalhado pelas cartas que as duas trocaram ao longo de vinte anos.

Sugerir correcção
Comentar