Entre lembretes e recompensas, o que estimula alguém a ir ao ginásio?

Dois estudos publicados na revista Nature desvendam como se pode estimular alguém a ir ao ginásio ou quais podem ser os efeitos do exercício físico no cérebro.

Foto
Um dos estudos envolveu 61.293 membros de uma cadeira de fitness norte-americana Miguel Manso

Um estudo de ciência comportamental e outro de neurociência entram na edição desta semana da Nature para nos mostrar novos dados sobre a prática de exercício físico. A investigação de ciência comportamental incluiu mais de 60 mil pessoas e concluiu que alguns programas digitais levaram a um aumento entre 9 e 27% nas visitas ao ginásio – o que tinha mais sucesso incluía lembretes ou recompensas. Já o trabalho de neurociências realizado em ratinhos mostra que o exercício aumenta os níveis de factores anti-inflamatórios que podem ter um efeito protector no cérebro.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários