O catecismo da “portugalidade”

A “portugalidade” sugere um nada que é mesmo… nada, para desdizer a frase de Pessoa em relação ao mito.

São recorrentes estudos de opinião favoráveis a um elevado nível de identidade nacional dos portugueses. Mesmo que as crises tenham colocado Portugal sob assistência financeira externa por duas vezes. Isto não é contraditório, já que está estudado que as crises atraem nacionalismos e patriotismos. A prová-lo, está o pin da bandeira portuguesa na lapela dos governantes nos mandatos de Passos Coelho. Mas, será isso “portugalidade”?

Sugerir correcção
Ler 26 comentários