Ronaldo e Rúben Dias no melhor “onze” do ano da IFFHS

Apesar de não actuar a médio, Lionel Messi integra a lista de centrocampistas, com o italiano Jorginho e o belga Kevin de Bruyne.

Foto
LUSA/ANTÓNIO COTRIM

Os portugueses Rúben Dias e Cristiano Ronaldo integram o melhor “onze” de 2021 da Federação de História e Estatística do Futebol (IFFHS), com a Itália, campeã europeia, a ser o país mais representado.

Ronaldo, que a meio do ano trocou a Juventus pelo Manchester United, repete a presença nas escolhas da IFFHS e no ataque tem a companhia do polaco Robert Lewandowski e do francês Kylian Mbappé, numa equipa formatada num 4-3-3.

Rúben Dias, melhor jogador da edição 2020/21 da Liga inglesa ao serviço do Manchester City, aparece no centro da defesa, ao lado do italiano Leonardo Bonucci, que foi determinante na conquista do Euro2020 com a Itália.

Nas laterais, estão o marroquino Achraf Hakimi e canadiano Alphonso Davies e na baliza o escolhido foi outro italiano, o guardião Gianluigi Donnarumma.

Apesar de não actuar a médio, Lionel Messi, que trocou o FC Barcelona pelo Paris Saint-Germain, integra a lista de centrocampistas, com o italiano Jorginho e o belga Kevin de Bruyne.

Além de Ronaldo, Davies, De Bruyne, Messi e Lewandowski repetem a presença de 2020.