Investigação do ataque ao Capitólio vai ter audições públicas em 2022

Comissão da Câmara dos Representantes diz que tem informação para fazer o filme dos acontecimentos de 6 de Janeiro de 2021. Nos próximos dias vão ser conhecidas decisões importantes dos tribunais sobre a recusa de Donald Trump em colaborar com as investigações.

Foto
Steve Bannon, antigo conselheiro de Trump, deve conhecer esta semana a data do seu julgamento Reuters/ANDREW KELLY

A principal investigação sobre a participação de Donald Trump e do seu círculo mais próximo no ataque contra o Capitólio dos Estados Unidos, a 6 de Janeiro de 2021, vai entrar numa fase decisiva nos próximos dias e semanas, quando os tribunais começarem a decidir de que forma deve ser entendida a recusa do ex-Presidente norte-americano — e de muitos dos seus antigos conselheiros — em colaborar com os trabalhos da comissão especial que foi criada na Câmara dos Representantes.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários