Serviços secretos dos EUA dizem que Rússia prepara ofensiva na Ucrânia que pode chegar a 175 mil soldados

Segundo um documento secreto, os planos russos dão ideia de uma ofensiva militar no princípio de Janeiro com “uma dimensão duas vezes maior” que os exercícios militares da Primavera.

Foto
Segundo os ucranianos, a Rússia já tem 94 mil soldados junto à fronteira, a estimativa dos EUA aponta para 70 mil Reuters/DENIS SINYAKOV

Com a tensão entre Washington e Moscovo a escalar por causa de uma potencial invasão da Ucrânia, os serviços secretos norte-americanos descobriram que o Kremlin está a planear uma ofensiva em várias frentes já no princípio do próximo ano envolvendo cerca de 175 mil soldados, de acordo com agentes e um documento dos serviços secretos a que o Washington Post teve acesso.

Sugerir correcção
Ler 87 comentários