SenteMente: o teatro que quer dar palco às histórias das mulheres dos bairros de Sintra

O projecto, que ganhou este ano o financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian, pretende desmistificar os preconceitos ainda associados a quem sofre de distúrbios psicológicos, através do teatro e pelos testemunhos de algumas moradoras dos bairros sociais do Casal de São José e da Tapada das Mercês.

saude-mental,depressao,camara-sintra,mulheres,sintra,teatro,
Fotogaleria
O projecto já trabalhou até agora com 30 mulheres dos bairros sociais de Sintra Nuno Ferreira Santos
saude-mental,depressao,camara-sintra,mulheres,sintra,teatro,
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
saude-mental,depressao,camara-sintra,mulheres,sintra,teatro,
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos

É na Rua Padre Alberto Neto, em Algueirão-Mem Martins, que todas as terças-feiras pára uma carrinha cheia de moradoras dos bairros do Casal de São José e da Tapada das Mercês. Vão para o ensaio semanal de teatro do projecto SenteMente - Práticas Artísticas para o Bem-estar e Saúde Mental das Mulheres, e, entre as 18h e as 20h, nunca sabem bem o que as espera. Num dia, podem aprender a preparar a voz ou a encarnar uma personagem; noutro, podem fazer improvisações sobre emoções, como o medo e a ansiedade, ou simplesmente reflectir sobre as suas histórias de vida, dos momentos menos e mais felizes.

Sugerir correcção
Comentar