Chacaltaya, o glaciar desaparecido

O malogrado glaciar de Chacaltaya, na Bolívia, tinha, ao que parece, 18 milhões de anos e bastaram umas décimas de aumento de temperatura média nos Andes para se evaporar.

Foto
Humberto Lopes

O Illimani está ali, à distância de um breve voo de pássaro ou de uma pedra lançada por um garoto. Isso foi o que pareceu desde o primeiro dia passado em La Paz. Ao caminhar-se por certas ruas da capital boliviana entrevê-se o cume nevado a brilhar ao sol do inverno austral, envolto em anéis de nuvens ou raiado de vermelho à hora do crepúsculo, mas quando nos aproximamos do fim da rua, a distância aumenta: é já no fim de outra rua que ele espreita. Não é bem um suplício, mas é um tanto como a frustração de  Tântalo.

Sugerir correcção
Comentar