Matéria-prima da madeira aumentou 300% e ninguém sabe quando vai parar

Madeira de bétula utilizada pela Castro & Filhos triplicou o preço desde o início do ano, e a empresa não sabe com que valores contar no momento de fazer encomendas.

Foto
Nélson Garrido

Ao fundo das escadas dos escritórios da Castro & Filhos, Fernando Monteiro de Castro interrompe o caminho que leva à zona da fábrica para contextualizar os 50 anos de actividade do negócio iniciado pelo pai. O que começou por ser uma pequena serração dedicada à produção com matéria-prima local evoluiu para uma empresa que exporta pavimentos acabados para mais de 40 países, produzidos com madeira 100% importada. Foi-se “transformando de acordo com as exigências do mercado”.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários