Transferências com criptomoedas acima de mil euros ficam sob maior escrutínio

Prestadores de serviços de criptoactivos na União Europeia só podem validar transferências se recolherem uma série de dados sobre os clientes.

Foto
As novas regras pretendem rastrear as transferências de criptomoedas, como a bitcoin Reuters/FLORENCE LO

Os governos europeus chegaram a acordo na quarta-feira para reforçar as regras de transparência sobre as transacções com criptoactivos na União Europeia (UE), obrigando os prestadores de serviços de activos virtuais a reforçar os deveres de escrutínio sobre os seus clientes.

Sugerir correcção
Comentar