Há um novo mundo rural a nascer em Coura que envolve autarcas, investigadores... e a égua Lola

O know-how e as experiências devem ser partilhadas para, em conjunto, se conseguir melhorar a vida rural. Assim pensou o município courense ao promover o Laboratório Rural, uma colaboração entre várias entidades que ultrapassa as fronteiras do concelho, do distrito e, até, do país.

Foto

É sábado e a agitação é grande na pequena vila de Paredes de Coura, no distrito de Viana do Castelo. É dia de feira. Apesar do frio que se faz sentir, o sol outonal convida os courenses a sair de casa e a confraternizar. E, porque não, antecipar as compras de Natal no mercado rural, junto à câmara municipal. É lá que os agricultores locais escoam os seus produtos. Na serra, a azáfama é outra. Na Paisagem Protegida do Corno do Bico — área protegida criada em 1999  está a decorrer uma intervenção de gestão florestal. A 850 metros de altitude, no Lameiro das Cebolas, Lola, uma robusta égua de tiro de 900 quilos proveniente da Bélgica, é a protagonista. João Brandão Rodrigues, veterinário e presidente da Associação Portuguesa de Tracção Animal (Aptran), é o “assistente” do animal.

Sugerir correcção
Comentar