Morreu Oriol Bohigas, o arquitecto que devolveu o mar a Barcelona

A ele se deve em boa parte o planeamento da cidade catalã que recebeu os Jogos Olímpicos de 1992. Acreditava numa arquitectura sem ornamentos e dava especial atenção ao detalhe, tanto na construção de edifícios como no desenho urbano. Tinha 95 anos.

Foto
Oriol Bohigas em 2018, quando lhe foi atribuída a medalha de ouro do município de Barcelona DR

Do currículo de Oriol Bohigas, arquitecto, teórico da arquitectura e professor, destaca-se o redesenho urbano de Barcelona, quando a cidade se preparava para receber os primeiros Jogos Olímpicos de Verão da década de 1990 e procurava lidar com o crescimento caótico das décadas pós-Segunda Guerra Mundial. O arquitecto catalão a quem fora diagnosticada doença de Parkinson em 2015 morreu esta terça-feira, aos 95 anos, noticia a imprensa espanhola.

Sugerir correcção
Comentar