Dezembro quente no Congresso dos EUA, com crise da dívida e shutdown à espreita

Ao mesmo tempo que se vê forçado a contornar a oposição do Partido Republicano ao aumento da capacidade de endividamento dos EUA, o Partido Democrata tem de unir os seus próprios senadores para aprovar uma das principais promessas de Joe Biden.

Foto
Joe Biden quer promulgar a lei das reformas sociais e de combate às alterações climáticas até ao Natal Reuters/TASOS KATOPODIS

O Partido Democrata regressa esta semana ao trabalho no Congresso dos Estados Unidos depois de uma interrupção para as férias do Dia de Acção de Graças, e tem uma lista de tarefas muito difíceis para cumprir, num calendário apertado até ao fim do ano. Se essa missão não for bem-sucedida, o partido pode perder a sua última grande hipótese de escapar a um desastre eleitoral histórico em Novembro de 2022.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários