Governo quer mini Lojas do Cidadão em metade das freguesias até 2030

Governo reserva agora 20 milhões de euros dos fundos estruturais para, até 2030, ter mais de metade das freguesias do território continental com este posto de atendimento. Isto significa duplicar o número de freguesias com Espaços Cidadão.

Foto
Ana Abrunhosa defende que "é preciso ter no território pontos de proximidade com as pessoas" LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

Com o objectivo de promover a coesão territorial e garantir acesso a serviços essenciais, o Governo quer que até 2030 mais de metade das freguesias de Portugal continental disponham de Espaços Cidadão, havendo 20 milhões de euros do Portugal 2030 para esse efeito. Segundo revelou ao PÚBLICO a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, “a ideia é que pelo menos metade das freguesias do país, no final do PT 2030, tenham estes espaços do cidadão”.

Sugerir correcção
Ler 15 comentários