Marc Brackett: “Quando temos competências emocionais, a vida é melhor”

A especialidade de Marc Brackett são as emoções. Para este psicólogo norte-americano, “as pessoas com maiores competências emocionais são mais saudáveis, felizes e produtivas”. É por isso, mas não só, que quer fazer “uma revolução das emoções”. Por ora, apoia 27 países e 3500 escolas, onde já alcançou quatro milhões de crianças. As suas estratégias para melhor lidarmos com as emoções ainda não chegaram a Portugal. É o seu próximo objectivo.

Foto
Marc Brackett: "Diria que a maior parte dos problemas que os casais têm é não se sentirem confortáveis para falar sobre as suas emoções. O mesmo acontece com os líderes"

É a segunda vez que está em Portugal, na primeira foi ao Porto, agora marcou presença em Lisboa para a apresentação do projecto Academias Gulbenkian do Conhecimento, criado pela Fundação Calouste Gulbenkian para promover competências sociais e emocionais em crianças e jovens até aos 25 anos. Consultor externo deste projecto, Marc Brackett é professor na Universidade de Yale e fundador do Centro para a Inteligência Emocional da mesma instituição norte-americana.

Sugerir correcção
Comentar