Do pensamento crítico à resiliência: 50 mil crianças aprenderam com as Academias do Conhecimento

Num programa dedicado ao conhecimento, a Fundação Calouste Gulbenkian chegou a mais de 50 mil crianças e jovens para os preparar para um futuro cada vez mais incerto. A base foi dotá-las de competências socioemocionais.

Foto
A Escola de Superpoderes capacita crianças e jovens em risco para serem agentes de mudança através do desenvolvimento dos seus talentos DR

A actuação da Escola de Superpoderes foi capaz de reduzir em 44% o insucesso escolar nas escolas onde actua. Já a Skills4Genius procura educar crianças dos cinco aos 13 anos de idade para serem mais autónomas e criativas. Estes são dois exemplos de entre 100 Academias do Conhecimento, que chegaram a 50 mil crianças e jovens. O projecto nasceu há três anos pela mão da Fundação Calouste Gulbenkian e neste sábado foram conhecidos os resultados preliminares. 

Sugerir correcção
Comentar