Candidatos do PS não podem fazer lobbying

Deputados socialistas mantêm direito à objecção de consciência e liberdade de voto sempre que não esteja em causa a governabilidade.

Foto
Os candidatos do PS têm de assinar um compromisso de ética Nuno Ferreira Santos

Quem integrar as listas eleitorais do PS às legislativas antecipadas terá de renunciar “a qualquer exercício da actividade de representação de interesses junto de entidades públicas (lobbying)”, lê-se no compromisso ético a assinar pelos candidatos, a que o PÚBLICO teve acesso, e que foi aprovado por unanimidade na comissão permanente dos socialistas, reunida na quarta-feira.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários