Cinco séries sobre mães e filhas

Com argumentos muito distintos, cada uma destas séries tem como foco os laços que unem mães e filhas. Relações tóxicas ou de dedicação extrema, eis as cinco versões que escolhemos para si.

series-,tv,televisao,lazer,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
A Criada
series-,tv,televisao,lazer,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
The Act
series-,tv,televisao,lazer,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
Gilmore Girls (ou Tal Mãe, Tal Filha)
,Séries de televisão
Fotogaleria
The Yard
series-,tv,televisao,lazer,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
Somewhere Between

A Criada


Netflix
Alex cresceu numa família disfuncional e, mesmo em adulta, nunca pode contar com o apoio da mãe, doente bipolar, ou do pai, que cedo as abandonou para formar uma nova família. Quando, depois de mais uma violenta discussão, decide deixar o namorado e fugir a meio da noite com Maddy, a filha de ambos, fica completamente à mercê das circunstâncias. Sem dinheiro ou alguém que lhe dê a mão, ela vê-se emaranhada nas exigências da segurança social, que funciona segundo regras despropositadas para quem precisa de ajuda urgente. Depois de uma noite ao relento, é aceite num abrigo para mulheres vítimas de violência doméstica e começa a trabalhar numa empresa de limpeza. Apesar dos obstáculos com que se depara constantemente e que, demasiadas vezes, lhe parecem intransponíveis, esta jovem mãe nunca perde o foco da sua luta: fazer o que estiver ao seu alcance para dar uma vida digna à pequena Maddy. Criada por Molly Smith Metzler, esta série dramática fala sobre a violência doméstica (mesmo que não inclua maus tratos físicos) e inspira-se no best-seller homónimo de Stephanie Land, onde a autora relata as suas próprias vivências. O elenco conta com Margaret Qualley, Andie MacDowell (mãe de Margaret na série e na vida real), Nick Robinson, Anika Noni Rose e também com a brilhante interpretação da pequena Rylea Nevaeh Whittet, que dá vida a Maddy. 

The Act

HBO
Criada por Nick Antosca e Michelle Dean para o serviço de streaming Hulu, esta mini-série de oito episódios retrata uma tragédia real acontecida em Springfield (Missouri, EUA), em 2015. A história, contada em dois tempos, centra-se em Gypsy Rose Blanchard, uma jovem que passou a vida confinada a uma cadeira de rodas. A rodeá-la de cuidados esteve Dee Dee, a sua mãe, que obsessivamente a protegeu e infantilizou. À medida que a menina crescia e desejava autonomia, mais complexa se tornava a relação com a progenitora, sempre incapaz de lidar com o facto de se tornar dispensável. Mas a descoberta de segredos mantidos por Dee Dee durante anos vai afastar Gypsy cada vez mais, culminado numa tragédia inevitável. Com a interpretação das personagens de mãe e filha, Patricia Arquette e Joey King foram candidatas a um Screen Actors Guild, um Globo de Ouro e um Emmy. Arquette acabaria por arrecadar o Globo de Ouro e o Emmy.

Gilmore Girls (ou Tal Mãe, Tal Filha)

Netflix
Protagonizada por Lauren Graham e Alexis Bledel, e criada por Amy Sherman-Palladino (também responsável por A Maravilhosa Sr.ª Maisel), esta série estreou-se no ano 2000 e acompanha as vidas de Lorelai Gilmore e da sua filha, Rory. Ao longo das sete temporadas, conhecemos o seu relacionamento e a forma como se vão adaptando às circunstâncias na pacata Stars Hollow, uma cidade (fictícia) situada no estado do Connecticut (EUA). Depois do sucesso de Gilmore Girls ter atingido os quatro cantos do mundo, em 2016 foi para o ar Gilmore Girls: A Year in the Life, uma sequela dividida em quatro partes, cada uma dedicada a uma das estações do ano, também disponível na Netflix. Esses episódios de 90 minutos, que vieram complementar a história de mãe e filha, contaram novamente com Graham e Bledel, as actrizes que dão vida às protagonistas, assim como Kelly Bishop (a pragmática avó Emily), Melissa McCarthy (Sookie, a melhor amiga de Lorelai), ou os ex-namorados de Rory, Jared Padalecki e Milo Ventimiglia (o Jake de This is Us), bem como a grande paixão de Lorelai, interpretado por Scott Patterson.

The Yard

Netflix
“As famílias felizes são todas iguais. As famílias infelizes são-no cada uma à sua maneira”. É com esta citação do escritor russo Leão Tolstoi (1828-1910) que é dado início à história de The Yard, uma série sobre uma mãe disposta aos maiores sacrifícios para proteger a filha adolescente. Há anos que Deniz Demir é violentamente agredida por Hakan, o marido, que tem graves problemas de controlo de raiva. Certa noite, após um desentendimento particularmente violento, ele pega numa arma e ameaça matá-la. Ecem, a filha de ambos, apanha o revólver e, na confusão, acerta no progenitor. Quando a ambulância e as autoridades chegam, Deniz assume o crime. A partir daquele momento, seguimos os seus passos até uma prisão de Istambul, o lugar onde se esforçará por não se entregar ao desespero enquanto sobrevive à pior experiência da sua vida. Durante todo o tempo em que permanece encarcerada, esta mãe tem apenas um objectivo em mente: regressar para junto de Ecem. Estreada em 2018 e já com três temporadas disponíveis, The Yard é a versão turca da série australiana Wentworth. A realização ficou a cargo de Yuksel Aksu.   

Somewhere Between

Netflix
Laura Price é produtora de um noticiário num importante canal televisivo e está empenhada em ajudar a polícia a apanhar um serial killer que tem aterrorizado a população de São Francisco. A sua vida, até aí perfeita, desmorona-se quando, por vingança, a filha é raptada e morta pelo assassino. Meses depois, com um sentimento de culpa esmagador e incapaz de ultrapassar o sucedido, Laura tenta o suicídio nas águas do lago onde o corpo da menina foi encontrado. Quando volta a si, percebe que retrocedeu no tempo e que se encontra na semana anterior à tragédia. É então que encontra Nico Jackson, um ex-polícia que teve uma experiência idêntica à sua, que está determinado a encontrar provas que possam ilibar o irmão, injustamente condenado à pena capital. Numa corrida desesperada para mudar o rumo dos acontecimentos e salvar quem amam, Laura e Nico vão perceber que estão perante uma conspiração com ramificações inesperadas e que o seu encontro não ocorreu por mera coincidência. Criada por Stephen Tolkin e produzida pelos ITV Studios America e Thunderbird Entertainment, Somewhere Between é a adaptação norte-americana da série sul-coreana God's Gift: 14 Days, da autoria de Choi Ran.