João Vieira Pinto arrisca-se a prisão por falta de pagamento de 128 mil euros em caso de fraude fiscal

Antigo jogador condenado por fraude fiscal já esgotou todas as possibilidades de recurso e agora o MP quer que se apresente em tribunal para esclarecer se tem condições para pagar o que falta, que é condição para não ter de cumprir a pena de prisão.

Foto
João Vieira Pinto tinha até Setembro de 2018 para pagar Nelson Garrido

O ex-jogador e actual director da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) João Vieira Pinto arrisca-se a ter de cumprir uma pena de prisão de um ano e seis meses, se não pagar 128 mil euros em juros no âmbito de um processo em que foi condenado por fraude fiscal relacionado com a sua transferência do Benfica para o Sporting.