COP26: uma reflexão sobre o dia de debate dos transportes

A indústria automóvel tem feito um investimento avultado no desenvolvimento tecnológico e apresenta cada vez mais soluções ao público para tornar a mobilidade sustentável. Mas faltam medidas concretas e eficazes por parte das entidades governamentais.

O setor dos transportes, responsável por 17% das emissões de gases com efeito de estufa, foi o tema central do antepenúltimo dia da COP 26. Entre os muitos objetivos definidos na Cimeira do Clima, foi consensual entre os governos presentes na conferência a necessidade de, a curto prazo, acelerar a transição para veículos com emissões zero. Contudo, na declaração para acelerar a transição para emissões zero de veículos automóveis – que se compromete a eliminar carros a combustão globalmente até 2040 e, no máximo, até 2035 nos principais mercados – não constam as assinaturas de mercados como os Estados Unidos da América, China, Japão, Alemanha, França ou Espanha.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários