PT 2030: Governo quer 25 mil novos empregos de I&D em empresas

Agenda temática da digitalização, inovação e qualificações é a que leva a maior fatia do próximo quadro comunitário de apoio, segundo a proposta em discussão até 30 de Novembro.

Foto
O país divergiu face aos concorrentes europeus na criação de novas formas de lidar com matérias-primas e intermédias e de conceber produtos Daniel Rocha/Público

Duplicar a despesa total em Investigação e Desenvolvimento (I&D), criar 25 mil empregos qualificados em actividades de I&D, duplicar o número de novas empresas de base tecnológica e aumentar em 25% o número de patentes nacionais são quatro dos objectivos que o Governo inscreveu nas escolhas estratégicas para o próximo quadro comunitário de apoio, o Portugal 2030 (PT 2030).

Sugerir correcção
Ler 13 comentários