Inflação portuguesa abaixo da europeia. Preços da energia entre os motivos

Portugal é neste momento, um dos dois únicos países da zona euro em que a taxa de inflação harmonizada homóloga ainda está abaixo de 2%, quando em média este indicador atinge os 4,1%. A divergência de subida dos preços da energia, especialmente a electricidade, é uma das explicações para esta diferença.

Foto
Adriano Miranda

Apesar de os portugueses também estarem a sentir no seu bolso o impacto da escalada dos custos com electricidade e combustíveis, é na maior velocidade da subida dos preços da energia no resto da zona euro que se encontra a principal explicação para que se registe neste momento a diferença mais acentuada de sempre entre a taxa de inflação europeia e portuguesa desde a criação da moeda única.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários