Voos de helicóptero sobre Lisboa: Lisbon Helicopters volta aos céus com rota de Natal

Para além das rotas a sobrevoar os locais e monumentos mais conhecidos de Lisboa, linha de Cascais e Sintra, a empresa, que tinha posto os serviços em pausa, volta agora a oferecer vários programas especiais.

relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria
Lisbon Helicopters
relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria
Lisbon Helicopters
relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria
Lisbon Helicopters
relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria
Lisbon Helicopters
relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria
Lisbon Helicopters
relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria
Lisbon Helicopters
relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria
Lisbon Helicopters
relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria
relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria
relaxar,voos,natal,fugas,lisboa,turismo,
Fotogaleria

Depois de um “longo período de pausa” provocado pela pandemia, a Lisbon Helicopters está de volta aos céus de Lisboa com uma rota de Natal. Pelo “preço promocional” de 49 euros (por pessoa) é possível ver bem de cima a zona de Belém, numa viagem de oito minutos para três pessoas. Fundada em 2013, a empresa, que pertence ao grupo Helibravo, realiza voos turísticos e transportes de passageiros na região de Lisboa.

“Com a retoma dos níveis do turismo pré-pandémicos houve um investimento na frota de helicópteros e no staff” e “um aumento da oferta de pacotes turísticos”, diz Duarte Moreira, director comercial da Lisbon Helicopters. Neste momento a empresa tem quatro helicópteros, cuja capacidade vai de três a seis passageiros (sem contar com o piloto). Os seus serviços incluem rotas, eventos personalizáveis, transporte VIP para qualquer destino e experiências integradas de turismo pelo ar, mar e terra.

As rotas de helicóptero, que têm capacidade máxima para três pessoas, duram entre cinco e 45 minutos e os preços variam entre 39 e 295 euros por pessoa. Quem pretender reservar um voo privado terá de pagar entre 117 e 885 euros. Na rota mais curta, chamada Baptismo de Voo, podem-se ver a Fundação Champalimaud e a Torre de Belém, enquanto na mais longa pode-se apreciar a Barra do Tejo, a costa do Estoril, Cascais, o Cabo da Roca e a Serra de Sintra.

Foto
Lisbon Helicopters

No que toca a experiências, a empresa oferece três: Aventura em Lisboa (337,50 euros), que incluí uma viagem de sidecar, um voo de dez minutos e um tour por Lisboa para duas pessoas; Carros Clássicos (1345 euros), na qual podem participar no máximo três pessoas, que vão passear num carro antigo, do Estoril ao Cabo da Roca, e depois sobrevoar essa zona e ainda o Palácio da Pena; e Despedida de Solteiro/Aniversário (1489 euros) até cinco pessoas, que começa com um passeio de limusina pela Estrada Marginal e acaba com um voo de helicóptero sobre a Serra de Sintra.

Duarte Moreira diz que as expectativas para o próximo ano “são altas” e que o retorno deste ano já está acima do de 2019. Actualmente a Lisbon Helicopters opera em Lisboa e o seu cliente habitual é o “turista comum estrangeiro”, mas no futuro Duarte Moreira pretende expandir a empresa para outras zonas do país e chegar ao “turista de negócios”.

Texto editado por Luís J. Santos