Um bom exemplo da Justiça

Ao contrário de tantos outros episódios da Justiça, na Operação Miríade ficamos com a sensação de que tudo aconteceu como deveria sempre acontecer: com zelo, sigilo, diligência e eficácia.

Um preocupante número de casos de grandes operações que acabam no esquecimento; a fuga de informações em segredo de justiça que tantas vezes afecta de forma irreversível cidadãos inocentes; anos e anos de espera entre buscas e detenções. O rosário de faltas do sistema judicial português é tão vasto que quando uma operação decorre sob o signo da normalidade há lugar para o elogio e o aplauso. Foi o caso da Operação Miríade, que no princípio desta semana levou a Polícia Judiciária a desencadear uma série de buscas e detenção por indícios de um crime cometido por militares que envergavam a farda com a bandeira nacional. Ao contrário de tantos outros episódios, neste, ficamos com a sensação de que tudo aconteceu como deveria sempre acontecer: com zelo, sigilo, diligência e eficácia.

Sugerir correcção
Ler 28 comentários