Universidade de Lisboa alvo de ataque informático. Hackers exigem resgate

Piratas fecharam informação dos servidores e pedem resgate pelo acesso. Universidade garante ter cópias de segurança de todos os dados. Alvo foram os servidores Windows, o que poupou as plataformas onde funcionam os serviços académicos, de recursos humanos e financeiros. Correio electrónico e wi-fi devem ser retomados até amanhã.

Foto
Universidade de Lisboa suspendeu o correio electrónico preventivamente Kacper Pempel

Um ataque informático, ao final do dia de sábado, obrigou a Universidade de Lisboa a desligar os seus serviços informáticos. Alunos e professores de seis faculdades ainda estão sem acesso aos seus e-mails que foram suspensos preventivamente. Os piratas informáticos estão a exigir um resgate para devolver o acesso a informação que está neste momento cifrada. A instituição garante ter cópias de seguranças dos dados e que as informações sobre alunos, funcionários ou finanças não foram comprometidas.

Sugerir correcção
Ler 14 comentários