Covid-19: Tratamento com antidepressivo reduz o risco de hospitalização prolongada

Ensaio demonstrou que, quando é usado o mais cedo possível após o diagnóstico em doentes de alto risco, o fármaco fluvoxamina reduz a necessidade de hospitalização.

Foto
Paulo Pimenta

É, dizem os autores do artigo publicado esta quarta-feira na revista The Lancet, o maior ensaio realizado até agora para testar a eficácia da fluvoxamina no tratamento de doentes com covid-19. Os testes realizados a um total de quase 500 doentes demonstraram que este antidepressivo com propriedades anti-inflamatórias reduziu a necessidade de observação prolongada num ambiente de emergência ou hospitalização quando foi usado precocemente em doentes de alto risco.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários