Mundo caminha para um perigoso aumento da temperatura média de 2,7 graus Celsius no final do século

Relatório das Nações Unidas compara os níveis actuais de emissões de gases com efeito de estufa com os níveis necessários para evitar o pior. As conclusões são desanimadoras.

Foto
REUTERS/David Mercado

O título do 12º relatório do Programa das Nações Unidas para o Ambiente marca o tom de toda a trágica análise: “O aquecimento está ligado. Um mundo de promessas climáticas ainda não cumpridas.” Num exame que olha para o que se está a fazer e para o que deveria ser feito, os especialistas do Emissions Gap Report 2021 concluem que estamos muito longe do objectivo de manter o aumento da temperatura média abaixo dos 1,5 graus Celsius para 2030. As contribuições a nível nacional apenas retiram 7,5% das emissões de gases com efeito de estufa, quando o que era preciso era 55%. Ou seja, o esforço que estamos a fazer devia ser sete vezes maior.

Sugerir correcção
Ler 32 comentários