O centro tem de continuar a resistir

Veio do outro lado do Atlântico a frase breve que talvez melhor define Angela Merkel e o seu legado: “Thanks to you, the centre has held through many storms”.

1. Era a última cimeira de Angela Merkel. Os seus pares europeus não pouparam nas palavras e nos gestos para significar o seu agradecimento e a sua admiração por 16 anos e 107 Conselhos Europeus em que, praticamente desde o primeiro dia, a sua influência foi decisiva. Quase sempre em favor do compromisso e, portanto, a bem da Europa. Deixa um vazio enorme, não tanto pelas políticas que defendeu, que nem sempre foram as melhores para o conjunto, mas pela sua forma particular de exercer a liderança e a política – consensual, na medida do possível, esclarecida, aberta à discussão e ao compromisso, dispensando os grandes gestos ou as grandes tiradas destinadas a emocionar a plateia, desprezando com um sorriso nos lábios as vaidades dos que a rodeavam, na sua maioria homens.