Saudades de Messi vs Cristiano Ronaldo

Barcelona e Real Madrid reeditam no domingo, em Camp Nou, o mais épico dos grandes duelos de clubes no planeta. Mas este é um “El Clásico” especial: Messi foi-se embora.

Foto
Ilustração de André Ruivo

A 20 de Novembro de 2004, o Barcelona recebeu o Real Madrid na jornada 12 da Liga espanhola e venceu por 3-0. No banco dos catalães, um jovem prodígio, que nessa época começava a dar os primeiros passos na equipa principal, assistiu de perto ao triunfo, mas não chegou a entrar em campo. Foi a primeira vez que Lionel Messi respirou a atmosfera do “El Clásico”, o duelo entre os dois gigantes espanhóis que é, muito provavelmente, o jogo mais mediático do futebol mundial a nível de clubes. Ou era. Porque agora já não há Messi de um lado e Cristiano Ronaldo do outro.