Pais acusam professor de agressões e comportamentos abusivos em escola de Lisboa

Direcção do agrupamento de escolas D. Filipa de Lencastre, em Lisboa, confirma que recebeu queixa e irá investigar alegações. Pais queixam-se de violência física e psicológica em aulas de Informática. PSP também abriu investigação.

Foto
Nuno Ferreira Santos/ Arquivo

Comportamentos abusivos, agressões físicas e violência psicológica: os encarregados de educação de vários alunos da Escola Secundária 2,3 Filipa de Lencastre, em Lisboa, uniram-se contra um dos professores do agrupamento. De acordo com múltiplas fontes ligadas à escola ouvidas pelo PÚBLICO, que pediram para ficar sob anonimato por medo de represálias, o professor de Informática teve, em diversas ocasiões e em múltiplos anos lectivos, comportamentos violentos contra crianças do 2.º ciclo. Algumas destas agressões terão deixado marcas visíveis nos alunos.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários