Gás, força e muita poeira: estes são os novos Ranger da Ford

Foi entre os bosques de um recinto privado de Carballo, em Espanha, que a Ford deu a conhecer toda a potência e garra que caracteriza a nova edição de Rangers.

veiculo,todooterreno,automoveis,fugas,motores,espanha,
Fotogaleria
As novas edições da Ford Ranger foram postas à prova
veiculo,todooterreno,automoveis,fugas,motores,espanha,
Fotogaleria
veiculo,todooterreno,automoveis,fugas,motores,espanha,
Fotogaleria
veiculo,todooterreno,automoveis,fugas,motores,espanha,
Fotogaleria
,Ford Motor Company
Fotogaleria
,raptor
Fotogaleria
,Ford Mustang Mach 1
Fotogaleria
,raptor
Fotogaleria
,Ford Ranger
Fotogaleria
,Ford Transit
Fotogaleria

“Gás, gás, gás!” Foi esta a ordem que mais se ouviu durante as várias provas a que se submeteram os novos veículos Ranger da Ford, em Carballo, Espanha, onde puderam comprovar que não é só no tamanho que estas pick-ups, líderes de vendas do seu segmento na Europa nos últimos seis anos, impõem respeito, mas também na sua performance e potência que faz qualquer um atrás do volante sentir-se dentro de um western

O primeiro a ser posto à prova foi o Raptor Special Edition. Com quase dois metros de altura, um chassis ultra-resistente e uma suspensão especial, não houve vala de lama, subida ou descida, por mais íngreme ou tortuosa, que metesse em causa o prometido. “Vocês vão perceber que não há nada impossível para o Raptor”, avisava Antonio Chicote, director de comunicação da Ford Iberia, antes da partida. E assim se confirmou. 

Ranger Raptor é o veículo com melhor desempenho de toda a gama. FORD
Os detalhes em preto mate fazem também parte da imagem de marca do novo Raptor. FORD
As jantes de liga leve de 17 polegadas são ainda outro pormenor a realçar. FORD
Fotogaleria
FORD

Com uma caixa automática de dez velocidades, pneus para todo-o-terreno e um motor 2.0 litros Diesel EcoBlue, biturbo, de 213cv e binário máximo de 500 Nm, a proeza deveu-se sobretudo aos amortecedores de alta performance Fox, que respondem a todo o tipo de cenários de condução, bem como ao sistema Terrain Management, exclusivo deste carro e que lhe permite entrar no Modo Baja. O nome, inspirado nas provas de todo-o-terreno​, não foi escolhido por acaso, mas sim para realçar o quão camaleão o Raptor consegue ser em termos de adaptação ao terreno, especialmente off-road

A nível estético, é sem dúvida alguma o Raptor que ganha a cara de “mauzão” da gama. Disponível nas cores Performance Blue, Conquer Grey e Frozen White, são as linhas de contraste vermelhas no capot, no tejadilho e nas laterais inferiores da carroçaria que realçam ainda mais o visual desportivo e de alta performance do carro. O objectivo era mesmo dar um “estilo ainda mais dramático à agressiva pick-up”, explica Stefan Muenzinger, director da Ford Europa, em comunicado. 

FORD
Os destaques em vermelho percorrem o exterior do carro. FORD
Fotogaleria
FORD

Foi ainda entre a natureza e os bosques de Carballo que o irmão Stormtrak provou a sua destreza, num trilho em que era preciso ter kit de unhas para fazer caber um carro de aproximadamente 1,87 metros de largura entre irregulares troncos de árvores. No entanto, com o mesmo motor que serve o Raptor, foi aqui que o sistema de tracção às quatro rodas seleccionável entrou em jogo e marcou a diferença para que esta pick-up subisse um pedregulho ou qualquer outro obstáculo como se apenas de uma simples lomba se tratasse. O acabamento a vermelho e mais refinado foi também o suficiente para fazer virar cabeças pela estrada fora.

Stormtrak é descrito como uma "força da natureza". FORD
FORD
Há ainda o pormenor da área de carga possibilitar a criação de vários compartimentos, recorrendo a divisões. FORD
Os Ranger partilham entre si o visual sofisticado do interior e ainda um ecrã de oito polegadas. FORD
Fotogaleria
FORD

Para último ficou o derradeiro desafio e desta vez foi o cinzento Wolftrak o grande protagonista. Numa pista de terra batida e com vários pinos distribuídos, o Ranger derrapava cada vez mais agilmente ao ponto de fazer drifts que fizeram muita poeira levantar. Neste caso, foi graças ao diferencial traseiro com bloqueio electrónico que deu ao veículo a capacidade necessária para progredir e recuperar a tracção neste tipo de condições desafiantes de aderência. 

As especificidades do Wolftrak fazem dele um carro perfeito para o trabalho no campo. FORD
FORD
Fotogaleria
FORD

Tendo também em conta que é capaz de mover uma tonelada de carga útil e ainda rebocar até 3500kg, a Ford acredita que, ao contrário dos restantes carros da linha, o Wolftrak será um produto especialmente procurado para um uso profissional, particularmente em áreas agrícolas ou florestais. Não deixa, contudo, de ser um carro que, pela sua imagem mais actual e desportiva, consegue juntar o trabalho ao divertimento. 

Com todas as suas semelhanças e diferenças, há algo que une os novos Ranger: a leveza da condução. Seja a puxar pelo potencial máximo que estes carros têm para oferecer em pistas desportivas ou simplesmente a conduzir pela estrada fora, devido à comodidade que é estar atrás do volante, é possível às tantas esquecermo-nos que estamos a conduzir um gigante todo-o-terreno. 

Apesar de serem, desde 2015, líderes do seu segmento na Europa — e até terem sido galardoados com o prémio Pickup of the Year em 2021 —, os novos Rangers, com preços entre os 44 e os 70 mil euros, não são para qualquer bolso ou até para qualquer condutor, admite Antonio Chicote, da Ford Iberia. Porém, procurados especialmente por clientes com “poder aquisitivo” e que busquem diversão, a marca mantém-se confiante que estas novas edições continuem a ser as eleitas entre o mercado. 

Texto editado por Carla B. Ribeiro