Em dia de negociações com BE e PCP, cresceu o risco de crise política

Bloco diz que “não há acordo”, PAN põe OE “nas mãos do Governo” e o PCP não tira alterações da lei laboral da mesa de negociações. Dois conselheiros reconhecem que a corda está mais esticada que nunca.

Foto
Costa falou de "humildade" e pediu "racionalidade" aos partidos Pedro Nunes / REUTERS

O risco de crise política é sério e está a piorar. A avaliação, que o PÚBLICO ouviu de dois conselheiros de Estado, não melhorou em dia de negociações entre o Governo e BE e PCP.

Sugerir correcção
Ler 12 comentários