Detido cidadão estrangeiro que obrigou a interromper circulação de comboios na Ponte 25 de Abril

O jovem, de nacionalidade francesa, foi detido pelas autoridades por estar a circular na linha ferroviária enquanto estava a tirar fotografias. Vai ser presente a tribunal.

Foto
A circulação esteve interrompida, afectando os comboios da Fertagus Daniel Rocha

A circulação ferroviária na Ponte 25 de Abril esteve suspensa, durante mais de uma hora, na manhã desta segunda-feira devido à presença de uma pessoa na via. O cidadão estrangeiro, de nacionalidade francesa e cerca de 20 anos, foi interceptado e detido pelas autoridades por estar a circular na linha ferroviária. Vai ser presente a tribunal por um crime contra a segurança das comunicações.

O alerta foi dado pelas 6h50, relata o comissário Serafim da PSP de Lisboa ao PÚBLICO: “Foi-nos dito que estava um indivíduo a circular na linha ferroviária, sentido Lisboa-Almada. Passados 15 minutos, a circulação na linha foi suspensa.”

Foi, desde logo, mobilizado o efectivo necessário “com vista à intercepção do indivíduo, o que não foi logo possível”, continua a mesma fonte.

O cidadão estrangeiro circulava na linha de mochila às costas e, no momento em que foi interceptado, pelas 8h30, estava “parado junto a um dos pilares [da ponte] a tirar fotografias”. Foi detido e “transportado para uma das unidades da polícia para ser elaborado o seu expediente”. O jovem de cerca de 20 anos será “presente às autoridades judiciais” por incorrer num crime contra a segurança das comunicações.

Como resultado, a circulação ferroviária esteve suspensa das 6h55 até ao momento em que o cidadão estrangeiro foi interceptado, pelas 8h30 – interrompendo o serviço dos comboios Fertagus que, até cerca das 10h20, circulavam com atrasos de 15 a 20 minutos, de acordo com a página do Facebook da empresa. A circulação só foi normalizada pelas 11h.