Rory McIlroy chega às 20 vitórias no PGA Tour

Norte-irlandês foi o vencedor da CJ Cup em Las Vegas, com a vantagem mínima sobre Collin Morikawa

Foto
Com esta vitória Rory McIlroy subiu de 14.º para 8.º no ranking mundial © PGA Tour

Rory McIlroy entrou com o pé direito na temporada 2021-2022 do PGA Tour, vencendo a CJ Cup em Las Vegas para o seu 20.º título no PGA Tour. Partindo para a jornada decisiva no The Summit Club no segundo lugar, a duas pancadas do líder Rickie Fowler, o norte-irlandês concluiu com 66 (-6) para ganhar com a margem mínima sobre o n.º 3 mundial Collin Morikawa, autor da melhor volta do dia a par de Talor Gooch, ambos com 62 (-10). 

O ponto alto da sua exibição de domingo foi o eagle 3 obtido no buraco 14, com um putt de fora de green a pouco mais de 10 metros da bandeira, que lhe permitiu reforçar a liderança para três shots de vantagem. Uma vantagem que não durou muito tempo visto que instantes depois Morikawa faria também ele um eagle 3 no 18 reduzindo-a para uma pancada. Mas McIlroy não tremeu e, com 4 pares no resto do percurso, selou a vitória. 

Rickie Fowler apostava em conquistar o seu primeiro triunfo desde o Waste Managemente Phoenix Open em Fevereiro de 2019, mas não foi além de um 71 (-1) que o relegou para o terceiro lugar empatado com Keith Mitchell (67), ambos com 266 (-22). Talor Gooch, Sam Burns (66) e Aaron Wise (66) fecharam o top-5 com 267 (-21). Ainda assim, Fowler obteve a sua melhor classificação desde o Honda Classic do mesmo ano. 

McIlroy descreveu a temporada passada (2020-2021) como “Ok em partes”. Ele registou sete top-10 em 21 torneios, incluindo uma vitória no Wells Fargo Championship. No entanto, numa super-época com seis majors, terminou fora dos 40 primeiros em metade deles e também não conseguiu chegar ao fim-de-semana no Players Championship. E, claro, houve o desempenho decepcionante e emocional na Ryder Cup. 

“Houve muita reflexão nas duas últimas semanas – e era isso que eu precisava de fazer”, confessou. “Eu só preciso de jogar golfe, preciso de simplificar, preciso de ser apenas eu. Nos últimos meses, talvez eu estivesse a tentar ser outra pessoa, para tentar melhorar, e como que percebi que ser eu mesmo é o suficiente e que sendo eu mesmo, posso fazer as coisas assim.”

Com esta vitória, McIlroy reentrou no top-10 mundial, de 14.º para 8.º, e facturou um prémio de 1,75 milhões de dólares. E, com as 20 vitórias, vem a categoria de membro vitalício do PGA TOUR, a qual só se tornará oficial quando completar 15 temporadas, o que sucederá no início da temporada 2023-24.

Veja mais em www.golftattoo.com