Se houver crise, haverá eleições antecipadas? As directas no PSD atrapalham calendário?

Rui Rio queixou-se que directas em 4 de Dezembro seriam coincidentes com eleições legislativas antecipadas se Governo cair caso o Orçamento do Estado para 2022 não passe no Parlamento. Paulo Rangel veio dizer que é uma falácia. Mas, afinal, quais são os calendários e o que prevê a lei?

Foto
Rui Rio LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

O líder do PSD, Rui Rio, não queria que as eleições directas para a escolha do futuro líder fossem em a 4 de Dezembro porque isso não seria “prudente” caso haja uma crise política no Governo? Que crise seria essa?

Sugerir correcção
Ler 7 comentários