Hannes Halldórsson, entre os postes e atrás da câmara

Foi o guarda-redes da selecção islandesa durante uma década ao mesmo tempo que apurava uma carreira de realizador. Depois de publicidade e vídeos de música, já completou uma longa-metragem.

Foto
Hannes Halldórsson, provavelmente o primeiro jogador-realizador da história do futebol DR

Um polícia que vive no limite e não segue as regras. Faz as suas próprias regras. O crime é a doença e ele é a cura. Qualquer filme de acção dos anos 1980 e 1990 pode corresponder a esta descrição – embora a última frase seja levantada directamente de “Cobra”, o filme onde Stallone anda de palito na boca e óculos escuros a tentar deter um culto de assassinos em série. Foi nestes filmes que Hannes Halldórsson se inspirou para fazer a sua primeira longa-metragem, “Cop Secret”, precisamente sobre um polícia que não segue as regras nessa terra sem lei chamada Reiquejavique. Não caiu (por enquanto) na tentação de fazer um filme sobre a sua própria vida. Que também daria um belo filme.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários