Polémica em torno do vídeo de C. Tangana leva à demissão do deão da Catedral de Toledo

O arcebispo Francisco Cerro, que já tinha vindo reprovar publicamente a cedência do templo religioso para a gravação do teledisco, aceitou o pedido, que produzirá efeitos já a partir do próximo sábado.

Foto
DR

O deão da catedral de Toledo, Juan Miguel Ferrer, apresentou esta terça-feira a sua demissão na sequência da polémica suscitada pela gravação naquele emblemático templo católico de um vídeo de C. Tangana e Nathy Peluso, Ateo. Reprovado pelo arcebispo, Francisco Cerro, o teledisco escandalizou muitos fiéis e fez correr imensa tinta nas redes sociais, mas não só: na noite de domingo, “uma trintena de pessoas chegou a concentrar-se diante da catedral com velas para rezar o rosário como ‘acto de reparação'”, relata o El País.