PSD recusou pelouros e Moreira continua sem maioria para governar

Movimento independente tem vindo a namorar os sociais-democratas para um entendimento que dê conforto à governação da cidade. Chegou a oferecer a vice-presidência da câmara, mas os vereadores do PSD deixaram claro que não querem ter responsabilidades executivas.

Foto
Vladimiro Feliz no meio de Sebstião Feyo e Rui Rio José Coelho/LUsa

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, tem-se empenhado em envolver o PSD na governação da cidade, mas os sociais-democratas não querem e recusaram aceitar qualquer pelouro que permitisse ao movimento independente ter maioria no executivo.