A praga empapada

É Outubro do ano de 2021 e não há lugar da nossa casa onde não tenha entrado, onde não esteja escondida, a praga do nosso tempo: a máscara.

Já tive a casa invadida por pulgas. Abria-se um armário da despensa e saía de lá uma nuvem de pulgas judocas, delirantes por terem sido libertadas da prisão do arroz.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários