O último Orçamento do Estado decisivo para o Governo

É evidente que António Costa precisa de aprovar este Orçamento. O próximo ano será vital e estrutural para que possa iniciar a realização dos projectos financiados pelo Plano de Recuperação e Resiliência e que lhe permitirão concretizar o seu Programa do Governo. Daí que esteja disponível para ceder o máximo que puder aos parceiros parlamentares.

A política institucional portuguesa está a entrar em mais um processo parlamentar de aprovação do Orçamento do Estado. Isso mesmo transpareceu no debate que levou ao hemiciclo de São Bento o primeiro-ministro, em que muitas das perguntas dos deputados, bem como as respostas do primeiro-ministro, indiciavam alguns dos pontos em torno dos quais se desenrolarão as negociações entre o Governo e o BE, o PCP, o PEV e o PAN para que a proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) seja viabilizada.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários