Quem quer entender-se com Rui Moreira? Parece que ninguém

Sem maioria, presidente da Câmara do Porto tem tentado seduzir os partidos com assento no executivo. Porém, caso Selminho estará a criar entraves a eventuais acordos.

Foto
Partidos recusam entendimentos políticos com Rui Moreira Nelson Garrido

A proximidade do julgamento de Rui Moreira, marcado para 16 de Novembro, no Tribunal Criminal de São João Novo, leva os partidos políticos com assento no executivo da Câmara do Porto a descartar entendimentos políticos pós-eleitorais com o presidente independente, que é acusado do crime de prevaricação no processo que investiga eventuais ilegalidades no caso que ficou conhecido como Selminho e que pode levar à perda de mandato.