The World’s 50 Best: Noma volta ao topo como melhor restaurante do mundo

2021 tem sido um ano prolífico para o chef René Redzepi e o seu famoso Noma. Depois de um 2020 de incertezas causadas pela pandemia, o restaurante dinamarquês voltou a abrir com suas habituais listas de espera para conquistar dois dos maiores prémios da gastronomia mundial. Belcanto, de José Avillez, é o único português na lista, na 42.ª posição.

restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
René Redzepi: "Sinto-me até culpado por estar feliz" Stefan Wermuth/Reuters
restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
restaurantes,copenhaga,jose-avillez,restauracao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
,Restaurante
Fotogaleria

Apenas um mês depois de ser finalmente reconhecido com três estrelas Michelin — a cotação máxima do guia francês —, o Noma volta a ocupar o número um do pódio de melhor restaurante do mundo pelo prémio dos The World’s 50 Best Restaurants, que ocorreu na tarde de terça-feira, em Antuérpia (Bélgica). “Esse último ano tem sido uma montanha-russa”, definiu Redzepi, no discurso de agradecimento. “Sinto-me até culpado por estar feliz.”